Família denuncia negligência após bebê morrer na barriga da mãe no HJAL em Belo Jardim

A família de Edvânia denunciou nesta quinta feira 23, ao Site Paredão do Povo, que o filho que a jovem esperava morreu ainda na barriga. O caso aconteceu na UBS da Vila de Taboquinha, zona rural de Belo Jardim.
Familiares relataram que a gestante estava com nove meses de gestação. Após uma gravidez tranquila, ela começou a sentir dores e foi até a unidade de Saúde daquele vilarejo. No local, ela foi medicada com remédio para dor e, em seguida foi encaminhada para o HJAL. 
Ao chegar na unidade de saúde não sentia mais o bebê se mexer. Após o médico não conseguir ouvir o coração do bebê, recebeu a notícia que o bebê estava morto. Na unidade, ela foi internada para a realização do procedimento cirúrgico.