COMEÇOU MUITO MAL

É público e notório, aliás, é fato. Após 7 meses de mandato e os novos prefeitos, ainda não disseram para o que vieram. O desmantelo é grande, são ruas esburacas, postes apagados, alunos sem aula, saúde de mentirinha, FAMÍLIA DO PREFEITO E DOS VEREADORES, empregados na PREFEITURA e o povo passando fome.
É bico seco, mas tem o pão novinho da padaria, “o padre não usa mais batina”? Pão de padaria “velha moca”, o café sempre quentinho, “aumento do tempo de aposentadoria”? Café quentinho, viúva surda. A diária da “viagem” no bolso, “tem roubo na prefeitura”? Jesus, mas é muita burrice, Oh velha surda, é só no alto escalão da prefeitura para completar o salário dos pobres de fora. Motorista de ambulância, é sem diária, é carga de trabalho, é dobrada, mas humilhação, a perseguição e a ameaça de perder o emprego, essa é constante.
TEM MÉDICO NA CAMA… No hospital e no postinho, os médicos, dormem. A desculpa é a tal “CORRIDA VÍRUS”, corre já do hospital, lugar de doente, é em casa. Quem já viu, atrapalhar o sossego dos médicos. É com essa desculpa que as placas dizem “não procurem o hospital”, só para pegar atestado de óbito, por COVID-19. Tirem o povo daqui os médicos precisam, dormir e fingir que trabalham e o prefeito, froxiudo, fecha os olhos, mas a verba da COVID, é do prefeito e ninguém tasca e por favor, esqueçam CPI, eu também já fui vereador.
Nos bastidores de hoje: prefeito e carne de porco no hospital, têm o mesmo valor e nas ruas o povo já grita o nome do antecessor, nos gabinetes a ordem é paciência, segurem seus empregos, agradem o chefe e mantenham seus empregos, até “2023/5”. Vai comendo RAIMUNDO, que o fumo é grosso.