Vereadores denunciam na Câmara o descaso no distrito de Xucuru

Na sessão ordinária desta última terça-feira, os vereadores Dr Rômulo, Soldado Edvaldo, Thallys Bruno, Nilton Senhorinho e Tenente fizeram inúmeros requerimentos e cobraram melhorias para o distrito de Xucuru que encontra-se abandonado pela gestão. As escolas Luiza Leopoldina Lopes e Luiz Pereira de Amorim estão com sérios problemas de infraestrutura que vão desde o teto com risco de desabamento à falta de acessibilidade. Os alunos dos sítios não estão assistindo aula todos os dias por falta de pagamento dos transportes e falta fardamento para os estudantes. O que se vê na localidade é uma verdadeira maquiagem. Na semana passada estes vereadores foram até o distrito para fiscalizar e acompanhar a verdadeira situação que se encontra Xucuru. Uma realidade totalmente diferente do que mostra a gestão fake news.

Morador reclama que rua vira lamaçal após chuvas e a prefeitura nunca fez nada

Um morador entrou em contato para contar a situação que tem passado em sua rua, nos dias de chuva. “Quando chove, a gente não pode nem sair de casa porque o carro fica atolado”, explica o denunciante.
O nome da rua denunciada é Adalgisa Maciel, no bairro Boa vista.
Os moradores comentaram que já fizeram por conta própria a drenagem da rua. Porém, precisam urgente de uma pavimentação.

Moradores enfrentam problemas com rua enlamaçada no bairro do São Pedro

“Basta chover, olha o estado que a minha rua fica: uma piscina de lama. Aqui você tem que ir andando e se equilibrando para não cair”, lamentou uma moradora da rua João Faustino Ferreira, no bairro do São Pedro, em Belo Jardim.
O local não possui pavimentação e após as recentes chuvas no município, os buracos e a lama, provocam transtornos aos transeuntes e condutores de veículos.

Rompimento do vereador Guilherme Monark deixa grupo do prefeito Gilvandro Estrela fragilizado

Após anunciar seu rompimento político com o prefeito Gilvandro Estrela (UB), o vereador Guilherme Monark (Solidariedade) além de fragilizar a base governista com sua saída, fortaleceu a bancada de oposição na Câmara Municipal de Belo Jardim.
Guilherme já é o quarto parlamentar a romper com a gestão desde que Gilvandro assumiu a prefeitura. Lila, Thallys e Dr. Rômulo foram os primeiros vereadores que deixaram o governo Estrela.
Asism como Guilherme todos os vereadores que romperam foram eleitos na base do prefeito e tomaram essa decisão por discordarem de uma série de pautas enviadas à Câmara pelo gestor contra o servidor público e contra a população.
Gilvandro que no início do mandato tinha 12 vereadores só conta agora com 8 e pode nos próximos dias perder mais parlamentares.

Vereador Thallys Bruno cobra entrega das cestas básicas por parte da Secretaria de Assistência Social

Na sessão ordinária desta última terça-feira, o vereador Thallys Bruno (CIDADANIA) cobrou da Secretaria de Assistência Social que seja feita a entrega das cestas básicas as famílias carentes de nossa cidade.
Em seu discurso, o vereador afirmou que tem gente passando fome e que a última entrega de cestas básicas foi feita com o dinheiro da Câmara de Vereadores.
“Foram R$ 180.000,00 (cento e oitenta mil reais) enviado pelos vereadores para este momento difícil que o povo está passando.
Cadê as 3.000 cestas que o prefeito disse que seriam distribuídas todos os meses?”, destacou o parlamentar que também fez um pedido de informação à pasta para que envie ao legislativo todas as informações referentes a distribuição das cestas e da programação de entrega ao longo deste ano.

Pernambuco confirma mais de 30 mortes de Bebês e Crianças com Doenças Respiratórias

Em meio à explosão de infecções respiratórias na infância, a Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES) confirmou, nessa terça-feira, dia 24, a notificação de pelo menos 29 mortes de bebês e crianças até 5 anos, em decorrência de complicações da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), não causada por COVID-19.
O dado leva em consideração os registros deste ano feitos até o dia 21 de maio, porém sem relação com o Coronavírus. Outros três óbitos mais recentes nessa faixa etária, também confirmados pela SES e ocorridos de 22 a 24 de maio, ainda não estão no total divulgado pela Pasta.
Em meio aos relatos de famílias sobre emergências que não conseguem atender a demanda de crianças doentes, além de centenas de pedidos por leitos de UTI, o Governo do Estado, através da SES, garante que “todos os serviços de emergência pediátrica da rede estadual estão preparados para o atendimento aos pacientes em estado crítico e contam com equipes multiprofissionais 24h”. A Pasta ainda acrescenta que as Unidades são referência no atendimento de alto e médio risco, e as salas são equipadas com ventiladores pulmonares para os momentos em que há necessidade de intubação e respiração artificial.
O Hospital Barão de Lucena (HBL), no bairro da Iputinga, Zona Oeste do Recife, referência no atendimento de crianças com quadros respiratórios, e para onde são encaminhados os casos graves, está entre as Unidades que mais sentem a pressão do surto de doenças respiratórias na infância. Além da superlotação, o serviço também tem déficit de pediatras. Nessa segunda, dia 23, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) deu o prazo de cinco dias para que a Secretaria Estadual de Saúde (SES) comprove a lotação dos três médicos pediatras nomeados na última semana para atuar no HBL.

Datafolha: Lula tem 48% no primeiro turno, contra 27% de Bolsonaro

O Datafolha testou dois cenários: um sem João Doria (PSDB) e outro com. O ex-governador de São Paulo desistiu da disputa presidencial na segunda-feira (23). Além de Doria, foram apresentados como pré-candidatos: Lula (PT), Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT), André Janones (Avante), Simone Tebet (MDB), Luciano Bivar (União Brasil), Felipe D’Ávila (Novo), Eymael (DC), Pablo Marçal (Pros), General Santos Cruz (Podemos), Leonardo Péricles (UP), Sofia Manzano (PCB) e Vera Lúcia (PSTU).
Pesquisa estimulada de intenções de voto no 1º turno
Cenário
Sem João Doria
Lula (PT): 48%
Jair Bolsonaro (PL): 27%
Ciro Gomes (PDT): 7%
André Janones (Avante): 2%
Simone Tebet (MDB): 2%
Pablo Marçal (Pros): 1%
Vera Lúcia (PSTU): 1%
Em branco/nulo/nenhum: 7%
Não sabe: 4%
Felipe d’Avila (Novo), Sofia Manzano (PCB), Leonardo Péricles (UP), Eymael (DC), Luciano Bivar (UB) e General Santos Cruz (Podemos) não pontuaram.
A pesquisa ouviu 2.556 pessoas entre os dias 25 e 26 de maio em 181 cidades brasileiras. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.
A pesquisa estimulada não pode ser comparada com o levantamento anterior, de 22 e 23 de março, porque adota cenários diferentes. Naquele levantamento, Lula registrou 43% das intenções de voto, enquanto Bolsonaro tinha 26%.

Lideranças de Verdejante recepcionam pré-candidata Débora Almeida

Na tarde desta quarta-feira (26), lideranças políticas de Verdejante, sob o comando do prefeito Haroldo Tavares e aliados recepcionaram o deputado estadual e pré-candidato a federal Lucas Ramos (PSB).
O encontro serviu para a apresentação ao grupo da ex-prefeita de São Bento do Una e pré-candidata a estadual Débora Almeida. A ex-prefeita foi apontada por Lucas como sucessora do seu mandato naquele município, sugestão acatada por todo o grupo politico presente.
Na agenda, realizada na residência do gestor verdejantense, Débora falou da sua experiência como gestora em duas oportunidades e se comprometeu, quando eleita, a envidar esforços para beneficiar Verdejante e entorno.
O prefeito Haroldo aproveitou para agradecer a Lucas pelo empenho do mandato em favor de Verdejante e garantiu o seu apoio e do grupo à nova pré-candidata.
Além do prefeito Haroldo e do seu vice-prefeito Dorival Gondim; vereadores João de Santinha, Heitor Urias, e detentor de nove mandatos, Derley, Adrielison, presidente da Câmara, Rosivaldo Bezerra e os suplentes Valny Bezerra e Tuta do Riachinho.

A falta de moral do vice-prefeito de Belo Jardim

Minha gente, se tem alguém sem prestígio e sem moral nesse governo é o vice prefeito, Dr. Maneco. Além de não ter forças para indicar pessoas pra trabalhar ele não tem nem com o que despachar na prefeitura de Belo Jardim. A praticamente um ano e meio que ele vem tentando dar cabeçadas certeiras, mas só tem levado desacerto.
Maneco não participa das reuniões estratégicas, só é chamado pra tirar foto e discursar em evento da prefeitura. Durante o processo pra eleger o presidente da Câmara ele ficou sabendo pela boca dos outros, já que não tinha sido comunicado.