Enfermeira é primeira brasileira vacinada contra a Covid-19 em solo nacional

A primeira aplicação no Brasil da vacina contra a Covid-19, fora dos ensaios clínicos, foi feita às 15h30 deste domingo (17) no Centro de Convenções do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, na capital paulista, dando início a uma nova fase da pandemia no país: o começo do fim.
A aplicação aconteceu minutos depois de a Coronavac, vacina do laboratório Sinovac produzida no Brasil em parceria com o Instituto Butantan, ter seu uso emergencial aprovado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). A expectativa é que o imunizante reduza significativamente a incidência de casos graves da doença, diminuindo a lotação dos sistema de saúde, e transformando a Covid, enfim, em uma “gripezinha”.
A primeira pessoa a ser imunizada foi a enfermeira Monica Calazans, 54, que trabalha na UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo. Com obesidade, hipertensão e diabetes, ela faz parte do grupo de risco. Calazans foi vacinado pela enfermeira Jéssica Pires de Camargo, 30. A aplicação da vacina ocorreu em caráter simbólico, ao lado do governador João Doria, fiador da Coronavac no país.
“Como pai de família, como alguém ao lado de tantos brasileiros que lutam pela vida, que lutam contra o negacionismo, que lutam pela proteção dos brasileiros, hoje é o Dia V da vida, da vacina, dos brasileiros”, disse o governador logo antes da aplicação.
“Este é um momento histórico para o Brasil. E aqui no hospital das clínicas em São Paulo, referência para o país, referência internacional, é aqui que nós iniciamos imediatamente a vacinação dos brasileiros”, disse.
Assim, Doria garantiu sua presença na fotografia do evento, e tem no imunizante sua principal arma política para concorrer à Presidência do Brasil em 2022.
A cerimônia, como costumam ser os anúncios do governador João Doria, teve estratégias de marketing para valorizar a conquista. O governo instalou um “vacinômetro” para contabilizar quantas doses do imunizante foram aplicadas.
O governador e seus auxiliares usaram ainda uma camiseta com a bandeira do nacional escrita “Vacina do Butantan, a vacina do Brasil”.
O governador afirmou que a vacinação de fato no estado começa nesta segunda-feira (18),
A Coronavac tem uma eficácia global de 50,38%, subindo para 78% para leves e, embora isso ainda precise de confirmação, aparentes 100% para moderados e graves.

Policiais do 15º BPM cumprem mandado de prisão

No último sábado 16, o efetivo ao realizar abordagem durante a Operação Saturação, foi feito busca pessoal no individuo 01, que no momento estava sem nenhum documento de identificação, mas relatou ao policiamento que já havia sido preso. Fizeram deslocamento até a residência do mesmo para buscar seus documentos, de posse destes foi verificado que o imputado Luís Henrique da Silva, 22 anos, solteiro, possuía em seu desfavor mandado de prisão em aberto. Diante dos fatos conduziram o envolvido para a delegacia para serem tomadas as medidas cabíveis.

Pernambuco receberá cerca de 270 mil doses da vacina contra a Covid-19 no primeiro lote

O Governo do Estado anunciou, neste domingo (17), que Pernambuco receberá 270 mil doses da vacina CoronaVac, oriunda do primeiro lote disponibilizado no Brasil. A expectativa é que, das 4,3 milhões de doses que serão compartilhadas entre os estados brasileiros, esse montante (270 mil) seja destinado para Pernambuco.
O governador Paulo Câmara vai acompanhar do Recife a cerimônia de entrega das primeira doses da vacina contra a Covid-19, marcada para o início da manhã desta segunda-feira (17), em São Paulo.
O Gabinete de Enfrentamento ao Novo Coronavírus estará mobilizado a partir das 7h, no Palácio do Campo das Princesas, para coordenar o início da imunização em Pernambuco.
O primeiro lote irá garantir as duas doses da imunização para 129 mil pessoas entre profissionais de saúde, idosos acima de 60 anos que vivem em asilos e indígenas aldeados.

Pernambuco passa das 10 mil mortes pela Covid-19

Dos 27 novos óbitos, 14 são do sexo masculino e 13 do sexto feminino, registrados entre os dias 09/06/2020 e 15/01/2021. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Abreu e Lima (1), Afrânio (1), Carpina (1), Caruaru (1), Itapissuma (1), Jaboatão dos Guararapes (3), Limoeiro (1), Recife (17) e Vitória de Santo Antão (1).
Os pacientes tinham idades entre 34 e 96 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (2), 40 a 49 (1), 50 a 59 (2), 60 a 69 (4), 70 a 79 (9) e 80 ou mais (9). Do total, 24 tinham doenças pré-existentes: doença cardiovascular (18), diabetes (9), doença renal (5), obesidade (4), doença respiratória (2), hipertensão (1), histórico de tabagismo (1) e doença de Alzheimer (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais estão em investigação.
Além disso, Pernambuco registrou novos 482 casos da Covid-19, sendo 50 (10,4%) casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 432 (89,6%) casos leves.
Agora, Pernambuco totaliza 241.087 casos confirmados da doença, sendo 30.310 graves e 210.777 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.
Além disso, o boletim registra um total de 205.719 pacientes recuperados da doença. Destes, 18.770 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 186.949 eram casos leves.

Moradores pedem solução para falta de iluminação pública na Cohab II

A falta de manutenção na iluminação pública de Belo Jardim continua sendo um problema para a população do município. De acordo com moradores, vários bairros estão com as lâmpadas queimadas há meses. A situação preocupa, pois os locais escuros se tornam vulneráveis a assaltos.
O Site Paredão do Povo recebeu uma reclamação de uma moradora que relatou que na rua em que mora, na Lindinalvo Assis de Melo não possuem lâmpada e que a noite aumenta a insegurança.
“Eu tenho medo todos os dias de ser assaltada, principalmente quando chego do cursinho, por volta das 22h, é um horário que considero de risco, por isso se o local fosse iluminado diminuiria essa sensação de insegurança”, relatou a estudante.

Corpo em decomposição é encontrado às margens do Rio Una

O corpo de um homem, em avançado estado de decomposição foi encontrado na manhã deste domingo 17, na rua dos Terreiros, as margens do Rio Una, em São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco.
Segundo curiosos, um popular mora próximo da localidade encontrou o corpo ao passar no local. O cadáver aparentemente apresentava sinais de violência.
Devido ao estado em que foi encontrado, ainda não foi possível precisar a idade da vítima. Equipe do IC estão em deslocamento para recolher o corpo. A policia Civil deve investigar o caso.

Prefeitura de Belo Jardim instala nova iluminação na Praça da Estação

Quem passa pela Praça Desembargador João Paes (Praça da Estação), no Centro, já sente a diferença da nova iluminação instalada pela Prefeitura Municipal de Belo Jardim, por meio da Secretaria de Infraestrutura. O serviço de iluminação, que foi finalizado nesta sexta-feira (15), aconteceu através de parceria público privada (PPP), sem custo algum para os cofres públicos.
“Recebemos as doações das lâmpadas do Parque Lima, o andaime foi emprestado e a mão de obra da prefeitura. Então, mostramos que podemos fazer muito por essa cidade, basta ter boa vontade e coragem”, disse o prefeito Gilvandro Estrela.
A prefeitura também recebeu uma doação de lâmpadas da Ferraz Avícola para serem colocadas em outros pontos da cidade.
A praça, que vivia no escuro, recebe lâmpadas eficientes, que aumentam a sensação de segurança, além de proporcionar mais qualidade de vida aos frequentadores do espaço e deixando um dos cartões postais de nossa cidade de cara nova.
Além desse serviço, o governo Gilvandro Estrela vem realizando diversos reparos em todas as áreas do município, como mutirão de limpeza, revitalização e manutenção. “A equipe da secretaria de Infraestrutura como um todo está de parabéns”, congratulou o prefeito.
Mesmo com o município falido e diagnosticando cada vez mais problemas e débitos milionários, a gestão Gilvandro Estrela está conseguindo se desdobrar para atender a esperança em dias melhores pela população belo-jardinense.

Assessoria

Policiais do 15º BPM realizaram a “OPERAÇÃO FISCALIZAÇÃO DE CUMPRIMENTO DECRETO COVID”

No último sábado 16, por volta das 17h00 às 22h00, foi realizado em toda área desta OME ações de fiscalização de bares, restaurantes e espaços públicos, quanto ao cumprimento das medidas de enfrentamento à pandemia de COVID.
As ações policiais foram desencadeadas pelo efetivo do GATI, ROCAM e OPERAÇÕES, sendo fiscalizados vários bares da área do 15º BPM objetivando dar cumprimento ao Decreto Estadual no que se refere a aglomeração em bares, restaurantes e estabelecimentos congêneres.
O esforço operacional aumentou a sensação de segurança junto aos munícipes, contribuindo para a inocorrência de registro de CVLI.
RESULTADOS: 31 bares abordadas; 79 pessoas abordadas; 26 consultas a celulares.

De acordo com a SDS, homicídios aumentam em Pernambuco

Dezembro de 2020 teve o registro de 301 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), uma oscilação para cima de 2,7% em relação ao último mês de 2019, quando houve 293 homicídios em Pernambuco. No somatório geral de todo o ano passado, 3.759 vidas foram perdidas para a violência, contra 3.469 no ano anterior. A diferença de 290 mortes na confrontação dos dois anos representa um percentual de 8,4%.
As estatísticas também apontam para o aumento de Crimes Violentos Intencionais contra vítimas do sexo feminino e de feminicídios, tanto no acumulado do ano como no mês de dezembro. Em Pernambuco, os homicídios contra mulheres passaram de 199 para 237, quando comparados os períodos de janeiro a dezembro dos anos de 2019 e 2020. Isso representa um aumento de 19,1%.
No mês de dezembro, a notificação desse tipo de crime subiu 64,3%, saindo de 14 casos em dezembro de 2019 para 23 casos em dezembro de 2020. Os crimes de feminicídio aumentaram 33,3%, quando se contabilizam os meses de janeiro a dezembro de 2019 e 2020. Os registros saíram de 57 para 76 casos. No último mês de dezembro 9 mulheres foram mortas em feminicídios, contra 5 do mesmo período de 2019, um aumento de 80%.

Estado registra menos agressões e estupros de mulheres, diz SDS

As queixas de violência doméstica e familiar contra a mulher em Pernambuco fecharam o ano de 2020 em queda, tanto no total quanto no mês de dezembro. De acordo com a estatística mensal da Secretaria de Defesa Social (SDS), entre janeiro e dezembro houve uma redução de 3,47%. Em 2019, foram registrados 42.657 boletins de ocorrência desse tipo de crime e, em 2020, foram 41.175. Neste período, Recife foi a região que apresentou a maior redução, de 10.651 para 9.238, o que equivale a -13,27%. A capital pernambucana teve o menor número de casos desde 2017.
Quando comparados apenas os dezembros dos dois últimos anos, a violência doméstica e familiar contra a mulher reduziu, em Pernambuco, de 3.805 (dezembro/2019) para 3.361 (dezembro/2020), ou seja, -11, 67%. Neste período, Recife apresentou a maior retração, de 21,06%, diminuindo de 888 (dezembro/2019) para 701 (dezembro/2020) registros desse tipo de crime.
Também em queda, as estatísticas de estupro encerram 2020 com o menor número de casos em Pernambuco nos últimos cinco anos, e no Recife e Região Metropolitana nos últimos 11 anos. No Estado, a redução foi de 12,77% no acumulado do ano, diminuindo de 2.623, em 2019, para 2.288 casos, em 2020. Na capital pernambucana, a retração foi de 19,7%, saindo de 478 (2019) para 384 (2020) crimes de estupro. Neste mesmo período, na Região Metropolitana os números diminuíram de 756 para 611, o que representa -19,18%.
O recorte com apenas o mês de dezembro mostra retração no número de estupros em todas as regiões do Estado, quando comparado a dezembro de 2019. Em Pernambuco, os registros diminuíram 29,82%, caindo de 218 (dezembro/2019) para 153 (dezembro/2020).
No Recife aconteceu a maior retração, de 50%, saindo de 52 casos em dezembro de 2019 para 26 no mesmo mês em 2020.