Moradores denunciam descarte de lixo e entulho irregulares no bairro do Bom Conselho

Moradores da Avenida do Bom Conselho também é alvo constante de depósito irregular. Os flagrantes de descarte de lixo e entulho já virou tão comum Além de atrair animais que vivem na sujeira, o mal cheiro incomoda muito quem vive naquela localidade.
De acordo com os moradores o local esta armazenando os entulhos há 15 dias e a cada dia que passa a pilha de lixo aumenta, deixando a vizinhança desesperada.
Os moradores pedem que as autoridades competentes se atentem a este problema de saúde pública, já que coloca em risco a vida das pessoas, em especial às crianças e idosos que vivem naquela localidade.

Compesa divulga balanço sobre testes da Adutora do Agreste no trecho entre Pesqueira e Belo Jardim

Técnicos da Compesa estão, desde o início da manhã desta terça-feira, 11, trabalhando no reparo da Adutora do Agreste, em Mimoso, para consertar um desacoplamento da tubulação, que acabou provocando um vazamento. Em função desse serviço, o sistema teve que ser paralisado. A previsão é que os testes sejam retomados a partir das 18h de hoje para levar água do Rio São Francisco para Pesqueira.
Ao mesmo tempo, a Compesa está finalizando o reparo em outro vazamento identificado entre Sanharó e Belo Jardim para que o enchimento da Adutora sentido Belo Jardim possa ser retomado. Ainda de acordo com a Compesa, as constantes interrupções no fornecimento de energia prejudicaram a pré-operação do sistema durante o último fim de semana. A Companhia notificou a Celpe e espera uma regularidade na prestação do serviço.
A água do Rio São Francisco vai abastecer dez municípios do Agreste a partir da interligação da Adutora do Moxotó, construída pela Compesa, com a Adutora do Agreste. O investimento do Governo do Estado na obra foi de 85 milhões. A obra foi concebida pela Compesa para dar utilidade à tubulação já implantada da Adutora do Agreste e levar água do Velho Chico para socorrer 400 mil pessoas da falta d’água nos períodos de estiagem, como este agora, quando os mananciais locais entram em colapso.
Carol Miranda

Fundação Bitury reativa mais um poço artesiano em Belo Jardim

Sensibilizada com a situação de pré-colapso da barragem do Bitury e a falta de abastecimento com água nas torneiras para a população belojardinense, a Fundação Bitury, entidade mantida pelo Grupo Mendonça, está reativando os poços artesianos abertos pela entidade durante o último período de seca do município.
O poço mais recente administrado pela Fundação em parceria com moradores, a ser reativado foi o do Sítio Rodrigues, na zona rural de Belo Jardim. Cerca de 4 mil pessoas serão beneficiadas, dentre eles, os artesãos que movimentam e economia da localidade e geram emprego.
Na outra semana, o poço da rua do Chorão, no Santo Antônio, voltou a funcionar, beneficiando mais de 6 mil pessoas. O da Gameleira segue a todo vapor amenizando os efeitos da seca para 5 mil moradores. O de Campo Novo, também na zona rural, segue funcionando e ajudando mais de mil pessoas.
BJ1

Projeto de Saneamento Ambiental em Belo Jardim, terá início no mês de janeiro de 2019

Importante reunião aconteceu nesta terça-feira (11) no gabinete do prefeito, onde foi definido o mês de janeiro para início do projeto de saneamento ambiental da bacia do Ipojuca, que engloba o município de Belo Jardim, assim como já aconteceu na cidade de Tacaimbó, Gravatá e Sanharó.
Com a presença de secretários municipais e membros da Compesa, o encontro que foi presidido pela coordenadora executiva do PSA Compesa Nilce Helena que informou, como deverá ser feito o tão sonhado tratamento do esgoto da cidade de Belo Jardim que passará por fases de implantação, quando toda a cidade estiver com o tratamento implantado não vai mais existir poluição do rio Bitury através do esgoto doméstico. Então, só nos resta como moradores da cidade, contribuir para que não haja poluição por outras vias, ou seja, não devemos jogar lixo nas vias públicas.
O projeto trará benefício a toda população belo-jardinense, a primeira etapa irá acontecer nos bairros: Boa Vista, Pontilhão e Cohab I. Tendo em vista a grandiosidade do trabalho, os moradores das localidades citadas contará com o apoio da Prefeitura de Belo Jardim, que dará todo apoio logístico e disponibilizará agentes de endemias e agentes comunitários de saúde para instruir a população nesta importante parceria com a Compesa. Esse é um trabalho de suma importância para o combate as doenças causadas pela poluição ambiental no município e combatendo as muriçocas e outros insetos que naturalmente sobrevivem pela falta de tratamento do esgoto.
PMBJ

Esgoto transborda e invade casa na Cohab I

A rede de esgoto da rua Manoel Monteiro, bairro da Cohab I, tem causado uma situação insuportável para os moradores. As tubulações têm transbordado na parte mais baixa do setor e o esgoto acaba correndo pela um “Bêco” existente na referida rua.
Quem mora no local diz que o problema é frequente e ocorre há mais de um ano alega um morador.
“Em frente da minha casa tem um esgoto da rua toda vez que chove minha casa é invadida pela água do esgoto já não aguento mais já vem há muitos anos e ninguém resolve.
Quanto mais mexe mais pior fica pior só essa chuvinha Olha o que acontece
Eu sei que tem pessoas na mesma situação. Mas pelo amor de Deus já não aguento mais, desde já agradeço.

Por ciúmes, marido mata a mulher a facadas e comete suicídio em Tacaimbó

O município de Tacaimbó, foi palco de um crime passional no último final de semana. Segundo informações, na Vila de Riacho Fechado, a dona de casa conhecida por Iracema de idade não informada, foi assassinada a facadas pelo marido, conhecido por Cassimiro.
De acordo com informações, a vítima recebeu vários golpes pelo corpo. Após cometer o homicídio, o homem se matou enforcado.
A principal linha de investigação é de que o crime tenha sido cometido por ciúmes. Os agentes da polícia Civil de Belo Jardim foram acionados. O casal morava na Vila de Riacho Fechado zona rural de Tacaimbó. A delegacia de Belo Jardim acompanhará o inquérito policial.

Pais madrugam na fila para conseguir vaga no CEM

Pais de alunos passaram a noite do domingo para segunda-feira (hoje) na porta da Escola Municipal CEM aguardando para matricularem os filhos. O Site Paredão do Povo recebeu algumas imagens e reclamações de alguns pais: “Quando a gente chega aqui, desde horas10h da noite, e tem gente que chegou mais cedo, os funcionários informam que não há mais vagas. Como não tem vagas? Quando eu e minha esposa soubemos, já estavam fazendo a matrícula ontem. Só um dia, como pode ser isso. Matricular em um dia só?”, indagou o pai de aluno.
Muitos pais dizem estar insatisfeitos com o número de oferta de vagas para a rede municipal.
“Eu peço a Secretaria de Educação aumente o numero de vagas e construa mais escolas para atender esse pessoal, pra dar estrutura a essas crianças que precisam das séries”, protestou um avô que não tem condições de matricular a neta numa escola particular.

Moradores da rua 05 na Cohab III reclamam da fedentina de esgoto estourado

Os moradores da rua 05 na Cohab IIII, está com a rede de esgoto entupido, causando transtorno para os moradores daquela rua que fica toda alagada com água do esgoto fedido. Segundo os reclamantes que não sabe mais o que fazer, pois o fedor é grande, tem criança idosos, que estão se adoecendo com mau cheiro vindo d’água podre derramando pela rua.
O Site Paredão do Povo vai entra em contato com a Sec. de Obras, para que possa toma as devidas providencias mandando arruma esse esgoto estourado que está afetando a saúde desse povo.