Governo de Pernambuco aprovou quase R$ 2 milhões para Belo Jardim

govpeO Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal  FEM, anunciado pelo Governador Eduardo Campos no Encontro Governo do Estado e Prefeituras – Integração das Políticas Públicas (Juntos por Pernambuco), realizado nos dias 21 e 22 de fevereiro, em Gravatá, visou apoiar os municípios pernambucanos na implantação de projetos que contribuam para o desenvolvimento municipal e permitam a retomada da realização de investimentos cuja execução foi comprometida pelo atual momento de fragilidade das finanças municipais.
O valor total previsto para o fundo é de R$ 228 milhões e o objetivo é que os recursos disponibilizados sejam aplicados em ações e obras importantes para a qualidade de vida da população e o desenvolvimento do município.
O município de Belo Jardim, foi contemplado nos seguintes itens

APOIO À IMPLANTAÇÃO DE INFRA-ESTRUTURA URBANA
Valor R$ 662, 073,96
Data prevista de conclusão: 15/03/2014
Status: APROVADO

APOIO À IMPLANTAÇÃO DE INFRA-ESTRUTURA TURISTICA
Valor R$ 61,985,22
Data prevista de conclusão: 15/11/2013
Status: APROVADO


APOIO À IMPLANTAÇÃO DE INFRA-ESTRUTURA URBANA E RURAL
Valor R$ 843,839,14
Data prevista de conclusão: 15/03/2014
Status: APROVADO


APOIO AO DESENVOLVIMENTO DA ZONA RURAL – CONSTRUÇÃO DE PASSAGEM MOLHADA EM CAMPO NOVO
Valor R$ 10,261,31
Data prevista de conclusão: 15/03/2014
Status: APROVADO


APOIO À ESTRUTURAÇÃO DA REDE DE SERVIÇOS DE ATENÇÃO BÁSICA DE SAÚDE
Valor R$ 250,629,76
Data prevista de conclusão: 15/03/2014
Status: APROVADO

No total foi liberado para Belo Jardim R$ 1.828.789,39

 

Bate boca entre os vereadores Da Paz DEM & Rafael Lopes esquentou o clima na Câmara de vereadores

clima quente vereadores rafa e da paz

Uma importante audiência  solicitada pelo vereador Rafael Lopes PT, acontecia aparentemente normal no plenário da Casa Custódio Ferreira Mergulhão, com a presença da coordenadora do CEO-Belo Jardim, a Drª. Ana Paula, que atendeu a convocação do vereador acima citado.
O assunto foi sobre o possível
NEPOTISMO cruzado, mas uma discussão acalorada entre o Vereador Rafael Lopes PT e a vereadora Maria Da Paz DEM esquentou o clima no plenário, vamos ao debate:

A vereadora Da Paz DEM, explanou na noite de ontem o que não disse durante seus 3, 6 meses de seu primeiro mandado, vejam o que a nobre vereadora disse:
“Por falar em nepotismo, aqui nesta casa no governo passado, tinha Ana, prima do vereador Rafael, e sobrinha de Zé Lopes, e não era nepotismo vereador Rafael?
Segundo, o que eu ouvi aqui segundo um vereador, nós temos direito de irmos em qualquer canto verificar tudo, mas não podemos chegar e abrir livro de ponto, isso é decoro parlamentar vocês sabem vereadores?

Em seguida, o vereador Rafael Lopes PT, rebateu:” Com relação a minha prima, o vereador hoje se chama Rafael Lopes, gestão passada era o ex-vereador Zé Lopes, que ela não tinha nenhum grau de parentesco perante a lei. Minha prima é sobrinha da minha mãe, agora a senhora vereadora deveria ficar preocupada com sua filha que trabalha no BELOJARDIMPREV.

rg imobiliaria

“Os vereadores desta casa não são palhaços, nós não estamos aqui para brincar com o povo de Belo Jardim”. Disse o vereador Rafael Lopes PT

GEDSC DIGITAL CAMERAO vereador Rafael Lopes PT, disse ontem no plenário da Casa Custódio Ferreira Mergulhão que: "Já que o prefeito de Belo Jardim, não responde aos nosso pedidos de informação a alguns requerimentos, nós estamos entrando com uma representação no Ministério Público. É fato que todo pedido de informação quando não é votado, e vem enviado para esta casa não são muito claro, onde vem faltando dados.
Então, o prefeito do município de Belo Jardim, tem que atender corretamente as solicitações desta casa, os vereadores desta casa, não são palhaços, nós não estamos aqui para brincar com o povo de Belo Jardim. Então, juntamente com os demais vereadores (Gilvandro, Tenente e Silvano), entramos com uma representação ao ministério público, para que ele esclareça de onde vem e para onde vai, as verbas que são destinadas para o município de Belo Jardim.

jokkas

Mendonça Filho, consegue com o ministro dos transportes a retomada da licitação das obras dos acessos rodoviários de Belo Jardim

mendoncafilho

 A licitação das obras de melhoria dos acessos rodoviários e de construção de um novo acesso ao município de Belo Jardim foi retomada após audiência do deputado federal, Mendonça Filho,  com o novo ministro dos Transportes, Cesar Borges, em Brasília. Há 20 dias, Mendonça pediu ao ministro a retomada da processo de licitação para não atrasar o processo e, consequentemente, o início das obras. A abertura do edital foi feita na semana passada, na sede do DNIT, em Recife. “O ministro cumpriu o compromisso de agilizar o processo licitatório, porque entendeu a importância dessa obra para Belo Jardim e para a região”, comemorou Mendonça Filho.

     Os recursos para a obra do novo acesso da Cohab I, a partir da BR-232, e de toda a requalificação do trecho urbano da BR 232 entre o bairro do Planalto e a entrada da PE 180 que liga Belo Jardim a São Bento do Una estão assegurados pelas emendas de autoria de Mendonça Filho, incluídas no Orçamento Geral da União. “A licitação foi parada por questões técnicas e o início das obras, programado inicialmente para este primeiro semestre, deve atrasar menos do que se não conseguissemos agilizar a liberação do edital de licitação”, afirmou Mendonça Filho.

     Segundo Mendonça, com a troca de ministros a preocupação era garantir que a mudança não atrasasse ainda mais o processo. Na audiência com Mendonça, o ministro César Borges assegurou que o DNIT começaria as obras até julho deste ano. “Acredito que vamos conseguir iniciar as obras até julho como o ministro previu”, afirmou Mendonça, ressaltando que está acompanhando passo a passo a execução desta. A melhoria dos acessos rodoviários e a construção de um novo acesso ao município de Belo Jardim, estão orçadas em R$ 1,6 milhão.

        “O novo acesso na Cohab 1, na prática, dará a Belo Jardim uma terceira entrada com asfalto, via dupla, iluminação, segurança e embelezamento urbano”, afirma Mendonça, ressaltando que a obra é importante não apenas para Belo Jardim, mas para São Bento do Una e para Região, porque vai melhorar a trafegabilidade da via e facilitar o escoamento de mercadorias.

         Mendonça Filho disse que também está acompanhando junto ao Ministério dos Transportes projeto de construção do contorno de Belo Jardim. “O projeto preliminar já está sendo preparado e queremos fazer, também, o projeto executivo e o estudo de viabilidade técnica e econômica desta obra. Com isso, vou poder apresentar emenda ao OGU 2014 destinando recursos para a obra do contorno ser iniciado no próximo ano”, afirmou Mendonça.

       O projeto do contorno de Belo Jardim  tem valor estimado entre R$ 10 milhões e R$ 12 milhões. A obra viária deve começar na entrada do bairro de Água Fria, contornando Belo Jardim pelo lado norte, próximo a Barragem do Bituri, seguindo até a a estrada que liga Belo Jardim a Serra do Vento e Brejo da Madre de Deus. “Esta obra vai facilitar o acesso ao distrito de Água Fria e da nova fábrica da Moura. Além de beneficiar diretamente o bairro Cavalo Morto e contribuir para a geração de emprego”, afirma Mendonça.

Nádia Ferreira

rg imobiliaria

Passeata contra abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

passeata

Nesta quinta-feira, 16, vários alunos da rede municipal de ensino e coordenadores do CRAS, participarão da passeata, contra a violência infanto-juvenil.

A data marca um caso de violência ocorrido em 18 de maio de 1973, foi um crime bárbaro que chocou todo o país e ficou conhecido como o “caso Araceli”.

A menina Araceli, então com oito anos, foi drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma família capixaba. Apesar da repercussão não houve punição para os responsáveis.

Para contribuir com a sensibilização da sociedade e incentivar as denúncias, a Secretaria de Ação e Desenvolvimento Social, irá fazer a passeata contra o Abuso e Exploração sexual contra crianças e adolescentes, saindo da Praça do São Pedro até a Avenida Siqueira Campos às 09:00h.

Proteger nossas crianças e adolescentes é dever de todos, participe!!!

Iara Albuquerque

Vereadora Patrícia DEM, solicitou a criação de um pólo cultural em Serra do Vento

GEDSC DIGITAL CAMERA

A vereadora Patrícia (DEM), solicitou ao sec. de cultura, a criação de um pólo cultural no distrito de Serra do Vento, o qual deverá funcionar no período da festa das marocas.
" Estive conversando com o sec. de cultura e levei essa proposta por que já estão planejando a tradicional festa das marocas, e acredito que seria viável para a região que é tão bem representada pelo vereador Vando de Ginaldo, e hoje estive em contato com ele para que se associe ao meu requerimento, onde solicito que seja criado um pólo cultural na região de Serra do Vento, no período das marocas.
Onde em Serra do Vento, disponibilizamos de uma pista de MotoCross, onde podemos aproveitar para nos dias das festas movimentarmos a comunidade para mostrar o artesanato daquela região que é conhecido nacionalmente, e além do mais gerar emprego e renda para as pessoas daquela comunidade".

jokkas
 

Vereador Claudemir Paulino solicitou ao gerente da COMPESA o aumento do diâmentro da tubulação da rede de distribuição de água para Xucurú

GEDSC DIGITAL CAMERA

O vereador Claudemir Paulino PMDB,solicitou ao gerente da COMPESA, o Sr. João Rafael Queiroz, o aumento do diâmetro da tubulação de rede de distribuição de água no distrito de Xucurú:
"Esse requerimento é necessário para Xucurú e sítio palha, onde esta tubulação tem mais de 10 anos e foi colocado um tubo de irrigação que não aguenta pressão.
Eu já fiz esse requerimento à 3 anos atrás e a COMPESA não me deu resposta, então Xucurú hoje tem água na barragem e não atende o sítio palha onde essa tubulação não suporta a carga. Então espero que a COMPSA reveja isso ai.

jokkas

Vereador Gilvandro Estrela solicitou ao presidente do COMDICABEJA a sua prestação de contas de sua gestão, caso contrário irá enquadrá-lo judicialmente

GEDSC DIGITAL CAMERA

O vereador Gilvandro Estrela PV, fez um pedido de informação ao presidente do COMDICA-BEJA o Sr. José Ademilton Marinho, que envie à esta casa, uma prestação de conta anexando documentos comprobatório dos gastos efetuados em todo período gestão.
esclarecendo ao município repassou nos últimos quatro anos e em que foi gasto o montante ou seja receitas e despesas:
"Cerca de 40 dias à trás, eu fiz um requerimento após um longo debate no qual foi aprovado por unaminidade. Mas este rapaz é muito esperto, muito inteligente passando dos limites da inteligência normal. E não obedeceu ao nosso chamado, como nós só podemos pega-lo através do pedido de informação, eu solicito aos meus pares que me apoiem, se não essa casa vai ficar desmoralizado.

O rapaz que esta no COMDICA há muitos anos veio aqui dizer que recebeu rios de dinheiros, e não prestou contas de uma banana que comprou, então o povo cobra de nós vereadores, e nós temos que cobrar das autoridades, afinal de contas ele tem um cargo de confiança, há quem diga que já terminou o mandato dele, e ele continua por lá o todo poderoso e imperador de Belo Jardim.
então ele tem que prestar informações a esta casa, por que caso contrário iremos enquadrá-lo e ele irá responder judicialmente e também de forma administrativa que o prefeito pode até demiti-lo da função".

Para Democratas, MP dos Portos não estimula a modernização portuária

mendonçaDeputados criticam concentração de decisões sobre atividades nos portos nas mãos do governo federal imposta pela proposição

Os deputados do Democratas Onyx Lorenzoni (RS) e Mendonça Filho (PE) afirmaram, nesta terça-feira (14), que a Medida Provisória dos Portos (MP 595) não moderniza e trava a atividade portuária ao centralizar todas as decisões no governo federal. Os parlamentares e  toda a bancada do partido na Câmara defendem hoje a rejeição da proposição e a retomada da vigência da Lei dos Portos de 1993 com a revogação de um Decreto de 2008 (6.620), assinado pelo presidente Lula, que dificultou a abertura dos portos à iniciativa privada. A discussão sobre a MP foi retomada nesta tarde no plenário da Câmara dos Deputados.

“Há uma Lei dos Portos de 1993 (8.630) que foi feita com princípio liberalizante no qual se provocou a descentralização da atuação portuária no Brasil e que dava todos os instrumentos para que o trânsito de cargas fosse ágil, rápido e eficiente. Mas, em 2003, a Antaq já colocou uma restrição e em 2008 o presidente Lula promulgou um decreto que restringiu ainda mais a atuação dos portos privados”, ponderou Lorenzoni.

“Temos uma alternativa muito mais simples: a alteração ou revogação de um decreto que foi editado pelo presidente Lula que atende perfeitamente ao intuito do poder Executivo que é exatamente permitir a operação de portos privados no Brasil de forma a não atrapalhar as operações privadas nos portos públicos já existentes”, explica Mendonça Filho.

Segundo Onyx Lorenzoni, a MP adota um conceito que vai na contramão do que fizeram todos os países que modernizaram, de fato, sua atividade portuária. “Hoje, essa MP como está é uma volta ao passado. Ela vai aumentar o custo e vai centralizar as decisões na União”, disse. “A Medida Provisória cria um diferencial de competição nas operações privadas nos portos públicos e privados que impossibilita sobrevivência das operações privadas nos portos públicos por conta do aumento do custo com diferencial do pagamento de outorgas, de arrendamento além do que o encarecimento da mão de obra nos portos públicos que vai produzir um efeito extremamente negativo para aqueles portos que na verdade concentram boa parte da operação de comércio exterior do nosso país”, complementa Mendonça Filho.

Funcionamento 24 horas

Os democratas defendem a revogação do decreto publicado pelo ex-presidente Lula e a elaboração de nova norma incluindo o funcionamento 24 horas dos órgãos responsáveis pela liberação de cargas nos portos – Anvisa, Receita Federal e Ministério da Agricultura. A medida foi sugerida pelo Democratas desde o início da tramitação da MP na comissão mista que analisou a proposição. A emenda de Lorenzoni e do deputado Mendonça Filho foi acatada pelo relator da Medida Provisória. “Até a sugestão do Democratas, esses órgãos anuentes funcionavam apenas oito horas por dia. Só essa medida reduz o tempo de despacho de cargas de 5,3 dias para 2,5 dias aumentando a eficiência portuária. A presidente Dilma enviou uma medida provisória para modernizar portos que não tinha essa regra”, pontuou o parlamentar do Rio Grande do Sul.

jokkas

Inauguração de mais um empreendimento habitacional de Belo Jardim:” Privê Villa Maria”

GEDSC DIGITAL CAMERAAs famílias belojardinenses estão tendo mais uma oportunidade de realizar o sonho da casa própria em Belo Jardim. No último sábado 11, foi entregue mais um importante empreendimento: O Privê Villa Maria", localizado na PE João Bezerra Filho, vizinho ao Club piscina Inhumas Acqua Park.
A solenidade de inauguração contou com a participação do prefeito de Belo Jardim, João Mendonça, secretários municipais e vários convidados. O prefeito de Belo Jardim, nos disse que:
" Graças a Deus, o município vai gerar vários empregos como também estará contribuído com a evolução no setor habitacional da economia local". Finalizou

GEDSC DIGITAL CAMERA

GEDSC DIGITAL CAMERA

GEDSC DIGITAL CAMERA

GEDSC DIGITAL CAMERA

GEDSC DIGITAL CAMERA

GEDSC DIGITAL CAMERA

GEDSC DIGITAL CAMERA

GEDSC DIGITAL CAMERA

GEDSC DIGITAL CAMERA

GEDSC DIGITAL CAMERA

GEDSC DIGITAL CAMERA

GEDSC DIGITAL CAMERA