Esposa de médico Cubano envia nota para o Site Paredão do Povo

Bom dia sou casada com o médico Cubano Dr. Dixan Peña que exerce seu trabalho na cidade de Tacaimbó. Lhe agradeço a compartilha essa informação importante.
COMUNICADO DOS MÉDICOS CUBANOS INDEPENDENTES PARA O BRASIL
Brasileiros, somos médicos cubanos, participantes do Programa Mais Médicos, alguns de nós somos residentes permanente no Brasil e temos uma família constituída neste país outros só tem residência temporária, porém todos temos um objetivo comum: permanecer no Brasil e continuar atuando como médicos. Nós não somos nem agentes camuflados de um governo comunista, nem terroristas ou defensores de qualquer ideologia, somos simplesmente pessoas que elegeram o Brasil para morar, trabalhar e constituir suas famílias. Solicitamos ao Governo Brasileiro e ao Ministério da Saúde a inclusão dos profissionais médicos cubanos independentes nas próximas Editais de Mais Médicos, além da continuidade no programa dos médicos que estão ativos e desejam culminar seu contrato nas mesmas condições que hoje brinda o Programa para médicos brasileiros e estrangeiros graduados em outras países e que não possuem CRM. Ao contrário do que as pessoas pensam todos os médicos estrangeiros sem CRM foram submetidos a testes de Português e Medicina, os reprovados não foram admitidos no Programa. As credenciais e diplomas de cada participante foi rigorosamente revisada e aprovada antes de ingressar no programa. A participação de cada um médicos no Programa Médicos tem sido monitorada por supervisores brasileiros e condicionada à participação e aprovação do curso de Especialização em Estratégia de Saúde da Família. Acredito que desde 2013 quando começou o Programa Mais Médicos com a chegada dos primeiros médicos as comunidades tenhamos dado muestras suficiente de nuestra capacidade profissional, o trato humanizado que brindamos a cada paciente, a força e valor de cada um de nós para enfrentar lugares de difícil acesso, condições precárias, outro idioma e costumes, longe da família e sempre com uma sorriso para nossos pacientes. São milhões no Brasil que sabem de nossa qualidade profissional, só pode duvidar quem nunca precisou ir num posto de saúde do SUS mas só se quiser fechar os olhos e ouvidos as provas oferecidas em todos estes anos. Tenham a certeza que todos e cada um dos médicos que ficaremos no Brasil queremos continuar brindando nosso apoio nas comunidades mais necessitadas, não queremos competir com ninguém nem tirar o emprego de nenhum médico brasileiro, o Brasil é o suficientemente grande para nos acolher, estamos todos dispostos a nos apresentar no Revalida só pedimos por enquanto a oportunidade de trabalhar no programa, como fizemos até agora, para poder nos sustentar assim como a nossas famílias até conseguir o CRM. Sabemos que o problema de saúde pública no Brasil está longe de ser resolvido mas a nossas mãos continuam estendidas em favor da saúde pública brasileira. Deus abençoe o Brasil!