Tempo seco já trouxe racionamento de água em Xucuru

O verão já dá sinais de chegada e com ele chega também uma possível seca, que aterrorizou a região Nordeste por quase uma década, até ao início deste ano, causando diversos prejuízos para a população, para os animais, e para a natureza em si.
E por falar em seca, lembra-se da escassez de água que se apresentou nos últimos seis anos na região Nordeste, e em Xucuru não foi diferente, pois a população vivenciou dias difíceis com os longos, que pareciam intermináveis, dias sem água nas torneiras para as necessidades essenciais de uma família. O que fez todos comprarem o precioso líquido de terceiros, muitas vezes sem saber a procedência, mas que foi de grande importância para a sobrevivência para as pessoas e, muitas vezes, para plantas e animais.
Depois de “extensos” anos de estiagem, em 2017 as chuvas deram o ar da graça em grande parte do Nordeste e, consequentemente, no sertão e no agreste de Pernambuco, também no distrito de Xucuru, município de Belo Jardim, estado de Pernambuco, trazendo alegria para as pessoas da localidade, que já não se cansava de orar e esperar pelas chuvas, que chegaram para amenizar o sofrimento que perdurava por muito tempo. Com a chegada do período chuvoso, veio a certeza do alívio, no tocante ao abastecimento de água na localidade, que em poucos dias já estava sendo abastecida pela tubulação da empresa estatal, responsável pela distribuição para as residências cadastradas para receber o abastecimento depois de tanto tempo.
Como o distrito dispõe de um reservatório antigo que foi criado há, praticamente, três décadas para uma quantidade menor de usuários, o que veio a aumentar com o passar dos anos, naturalmente, fazendo-se necessária a ampliação do mesmo, ou então na melhor das hipóteses, a construção de um outro (já em processo de estudos) para uma maior capacidade de armazenamento de água diante das possíveis chuvas, que ora vêm em tempos normais, ora com escassez. Sem essa possibilidade de conseguir juntar mais água, o que resta é o racionamento para tentar fazer com que dure mais tempo o acumulado, para a distribuição aos consumidores, que devem se prevenir, pois a empresa está distribuindo o precioso líquido a cada quinze dias na região atendida pela rede de distribuição, Xucuru, Bulandeira e Palha, respectivamente.
Que as chuvas voltem antes que o reservatório seque novamente, levando as pessoas a comprarem o produto a preços altamente altos, ou ficarem à espera de carros-pipas através de políticos.
Blog de Xucuru