“Caso eu seja candidato, meu apoio é o povo”, afirmou o ex-vereador Zé Lopes

ze lopes1

Paredão do Povo: Zé Lopes filiado ao PRP: Por que o senhor não procurou se filiar a um partido de expressão estadual?

Zé Lopes: Meu caro Josué, em 2011 fui o fundador do PSD em Belo Jardim, formei o partido com vereadores, com ex-vereadores e com outras lideranças, (inclusive fiz um convite de filiação para o Sr. porém, não logrei êxito, pois o Sr. já havia se filiado ao PSC). O que aconteceu seu Josué? Foi uma rasteira que Zé de Mané vaqueiro levou por não concordar com as decisões do Sr. André de Paula em assuntos inerentes a câmara, onde o mesmo me destituiu do cargo de presidente e colocou no meu lugar o Sr. João Jatobá. A mesma coisa aconteceu há algumas semanas com Cecílio Galvão que era o presidente do PSB. Por isso que eu procurei o PRP, que tem como o presidente estadual o Sr. José Ernesto, que me garantiu a não coligação com outros partidos, nem tão pouco filiações de políticos considerados estrelas, o que a principio se deduz uma menor quantidade de votos para quem deseja postular o cargo de Deputado Estadual.

Paredão do Povo: E com isso o Sr. admite a sua candidatura em 2014?

Zé Lopes:  (Risos) Josué, ninguém é candidato a nenhum cargo eletivo antes da convenção. O mínimo que poderia responder é que estou habilitado para concorrer a qualquer cargo eletivo na próxima eleição.

Paredão do Povo: E o Sr. conta com o apoio de quem aqui em Belo Jardim?

Zé Lopes:  Caso eu seja candidato, meu apoio é o povo.

Paredão do Povo: Poderia dizer alguns nomes?

Zé Lopes:  Por enquanto não. Uma coisa eu te digo Josué, não apoiarei os candidatos do prefeito de Belo Jardim.

Paredão do Povo: Para finalizar, e o vereador Rafael Lopes?

Zé Lopes:  Rafael Lopes é muito novo na política, se errou em alguns pontos acertou em vários, principalmente nas suas atribuições, que é dentre outras fiscalizar, legislar e ainda julgar as contas do executivo local. Segundo ele me informou, respeita o executivo, mas não será subalterno de prefeito nenhum, e ainda qualquer ação contrária a esses princípios, terá uma reação igual ou de maior intensidade.  

Paredão do Povo: Suas considerações finais.

Zé Lopes:  Agradeço a mais uma oportunidade desse conceituado blog, se cometi alguns excessos, peço desculpas aos internautas e estarei à disposição para quaisquer duvidas. Até a próxima oportunidade se Deus assim permitir. 

bora bora jardim cultura