Através do Vereador Wilsinho Belo Jardim ganhou Posto Veterinário Municipal

Na última quarta-feira 21, o Líder do Governo Vereador Wilsinho juntamente com o Prefeito Hélio, conseguiram fazer com que a causa animal e os seus direitos fossem garantidos pelo poder público.
Foi criado em 2018 a Comissão dos direitos dos animais na Câmara Municipal e agora uniram seus esforços para criar o Posto Veterinário Municipal, com uma parceria com o LIONS e o suporte da Sec. de Saúde.
O Prefeito foi ao local e já batizou de Posto Veterinário Vitória Brenda e abraçou a causa. Agora é correr para começar efetivamente a cuidar dos animais.

Informativo LM Construções

A busca pelo imóvel com aquelas parcelinhas que cabem no seu bolso acabou de chegar, com a excelente localização, e o acabamento que você merece, venha fazer parte dessa conquista da casa própria, onde na LM Construções você encontra podendo ser sem entrada, documentação por nossa conta também, entre em contato agora mesmo e solicite a sua simulação pelo número (81) 99265-7210.

Alunos do curso de contabilidade da AEB denunciam a empresa SOUZA PRODUÇÕES DE FOTOGRAFIA E EVENTOS LTDA – EPP por suposto GOLPE

Nos alunos do curso de contabilidade turma 2018.2 da AEB/FBJ, vemos a publico relatar um transtorno relacionado a empresa SOUZA PRODUÇÕES DE FOTOGRAFIA E EVENTOS LTDA – EPP, que contratamos para fazer o evento de nossa formatura.
Em 22 de agosto de 2017, a empresa representada no momento da contratação por Saskya Marijara Germino de Souza, apresentou um pacote de formatura a nosso curso, no valor de R$ 750,00 reais por aluno, na época 19 alunos, em uma sala de 22, realizaram o contrato, após a apresentação do pacote.
Pois bem todos os serviços contratados de Replica para casa aluno, Placa mural, aula da saudade e cobertura do evento de colação de grau, era para ter sido concluído ate a data da conclusão do curso, em meados de fevereiro de 2019. Porem ate a presente data, ficaram faltando vários serviços serem concluídos, entre eles alguns alunos ainda não receberam as replicas, e a placa mural, que a te o ultimo contato com a representante em 29 de junho de 2019, a mesma informou que estaria confeccionando e que logo estaria na faculdade.
Quase um mês depois do ultimo contato, não tivemos mais resposta da representante, que trocou ou apagou o whatsapp (canal pelo qual mantínhamos contato), como também não é mais proprietária do telefone, no qual foi tentado varias vezes, ligações e não fomos respondidos, ou atendidos.
Hoje ainda nos sentimos lesados, pelo fato de ter cumprido com nosso acordo, e pago na integra todo o valor cobrado por aluno, pois na época a representante da empresa Saskia, falou que quem não tivesse pagado ate janeiro de 2019 não poderia participar dos serviços na integra.
Estamos aqui hoje, para alertar os alunos da AEB/FBJ, e de outras faculdades, que não façam contrato com a empresa SOUZA PRODUÇOES DE FOTOGRAFIA E EVENTOS LTDA – EPP (SOMMA FORMATURAS E EVENTOS), SASKYA MARIJARA GERMINO DE SOUZA, JOSE ALUIZIO ALVES DA SILVA, ou com qualquer representante dela, para não esta na nossa situação, nos sentindo lesado, e o que seria um momento de alegria, acabou sendo mais um momento de estresse, criado por profissionais irresponsáveis, que trabalham de má fé, muito vezes acabando com o sonho das pessoas.
Alunos de Ciências Contábeis da AEB/FBJ, Concluintes 2018.2

Presidente da Câmara Municipal de Belo Jardim diligencia revitalização da Praça “Amélia Soares Paes”

A revitalização da Praça “Amélia Soares Paes” teve início em 20 de agosto com a poda das árvores. Com a ajuda de todos os demais Vereadores o Presidente da Câmara Municipal, Euno Andrade Filho (Euninho), solicitou ao Prefeito do Município que enviasse uma equipe formada por eletricistas, pintores, jardineiros e pedreiros. Eles atuarão nos próximos dias na manutenção dos bancos, poda e pintura. “É importante essa manutenção tendo em vista o crescimento das plantas localizadas aqui na Praça, onde as árvores atrapalham a iluminação tornando o ambiente um pouco hostil para população que circula nessas imediações.” Comentou o Presidente.
Quando questionado sobre alterações na praça o Presidente afirmou: “Estamos em contato com as pessoas responsáveis pelo paisagismo do Município onde junto com o Poder Legislativo elaboraremos um projeto de revitalização, pelo qual analisaremos as propostas de modificação e usando o sentimento democrático e a postura da boa vizinhança submeterei aos meus colegas Vereadores e, sendo aprovado, faremos o possível para agilizar todos os procedimento e trazer benefícios para a população.”
CMBJ

Consumidores reclamam da qualidade da água escura e que fede

Após enfrentar o tempo de seca, os belojardinenses se defrontam, agora, com outro tipo de problema: água suja na torneira. Reclamações de vários bairros têm chegado ao Site Paredão do Povo através do aplicativo WhatsApp.
Segundo os moradores do Lot. Nossa Senhora Aparecida que inclusive enviaram fotos de baldes, onde mostram que a água fornecida à população está longe de ter as três propriedades que a deviam caracterizar: nem é inodora nem incolor. Também ninguém sabe se é insípida, porque não há quem se aventure a beber. `”Alguém sabe dizer o que está acontecendo com a água da Compesa? Está escura e tem uma catinga triste. Dá até nojo tomar banho”, afirma o leitor Emerson.
“É revoltante a pessoa pagar água cara “a Compesa, que manda lama Ligo a torneira e sai um fedor de fezes. Difícil para quem tem criança em casa e precisa lavar roupa.
Água é imprópria para o consumo. Não estou aguentando mais comprar tantos garrafões de água mineral”, finalizou.

Informativo Sec. de Assistência Social

A Secretaria de Assistência Social esteve participando através da equipe de Coordenação e Orientadores Socais do SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos) da *Capacitação Projeto Direito e Cidadania* nos dias 19 e 20/08 no Auditório da Asces – Unita (Caruaru).
A capacitação promoveu uma Formação Continuada de Educadores Sociais dos Dez Municípios do Agreste Central do Estado de Pernambuco.
O Programa Direito e Cidadania, realizado pela Paulus, promove a qualificação e o aprimoramento dos serviços tipificados pela LOAS – Lei Orgânica de Assistência Social, defendendo ações sociocriativas como amplificadoras das oportunidades de convivência social, bem como geradoras de condições objetivas para o protagonismo das crianças e adolescentes participantes dos serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

Delegado de Belo Jardim será o entrevistado nesta quinta-feira 22 no programa A Hora da Verdade

O delegado da 104ª Delegacia de Polícia Civil de Belo Jardim, Dr. João Carlos Oliveira será o entrevistado nesta quinta-feira 22, no Programa “A Hora da Verdade” pela rádio Itacaité 88.01 FM a partir das 11H.
Dr. João Carlos irá falar sobre as ações desempenhadas pela 104ª Delegacia de Polícia Civil, como também irá fazer um balanço dos índices dos homicídios e prisões de alguns suspeitos entre outros assuntos.
O Programa A Hora da Verdade vai ao ar de Segunda a Sexta, das 11:00h às 12:00h pela Rádio Itacaité FM 88.01.

Prefeitura precisa reintegrar posse de imóveis ocupados e em obras diz o Ministério Público

Após receber denúncias de que existem ocupações irregulares de imóveis públicos em Belo Jardim, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou ao prefeito Francisco Hélio Melo dos Santos, que, no prazo de 20 dias, tome medidas administrativas e judiciais para embargar obras e reaver os imóveis.
Um dos imóveis, no bairro de Vila Nova, fica no terreno em que funcionava a antiga Escola Municipal João Marques. O outro, onde obras também devem ser embargadas, está situado na Rua Geraldo Antônio de Menezes, por trás da antiga Cadeia Pública, onde havia um campo de futebol.
O imóvel da Vila Nova foi invadido por Gilvan Marques da Silva, que, em depoimento prestado à Promotoria de Justiça de Belo Jardim, afirmou que o imóvel por ele ocupado está em construção e foi doado pelo seu pai ao município. Segundo ele, o atual prefeito havia autorizado verbalmente a doação de volta, com a ciência da Secretaria de Obras municipal. O promotor de Justiça Daniel de Ataíde Martins recomendou então a imediata suspensão das obras do local.
No entanto, um vereador da cidade informou ao MPPE, com fotografias comprobatórias, que as obras continuaram, mesmo após a intervenção da Promotoria de Justiça de Belo Jardim.
“Cabe ao município, através do chefe do Executivo e de seus auxiliares diretos, adotar as providências administrativas (notificações, embargos) ou judiciais para suspender as obras e reaver o patrimônio público municipal”, salientou o promotor de Justiça Daniel de Ataíde Martins.
O MPPE ainda investiga se existem outras invasões de imóveis públicos, sem a devida fiscalização e omissão do poder público municipal ou doações irregulares por parte do atual chefe do Executivo. “Estamos apurando a responsabilidade das autoridades que, ativa ou passivamente, tenham contribuído para a dilapidação do patrimônio público municipal”, destacou o promotor de Justiça.
Dessa forma, o Promotor Daniel de Ataíde Martins ainda recomendou que a Prefeitura reintegre a posse de outros imóveis públicos ilegalmente ocupados ou doados por particulares que tenha conhecimento, assim como se abster de doar bens públicos imóveis sem a obediência dos ditames legais como procedimento licitatório ou de sua devida dispensa, avaliação prévia, justificação do interesse público ou social, além de autorização legislativa da Câmara Municipal.