Equipe da Patrulha rural 15º BPM recuperam armamento em operação na zona rural de Belo Jardim

Por volta das 16:00, desta terça-feira 14, a PATRULHA RURAL, se deslocava por uma estrada vicinal do Sítio Serra Verde pertencente a Belo Jardim, quando avistou de longe 4 elementos que portavam armas longas e correram quando avistaram a viatura.
Tentamos fazer o acompanhamento com objetivo de prender os suspeitos, porém não foi possível em virtude dos mesmos se embrenharam na caatinga deixada .
Os indivíduos deixaram para traz 4 espingardas, sendo 3 de fabricação caseira carregadas e uma de fabricação industrial , marca BOITO , O Calibre 32 com um cartucho carregado na câmera .
As armas acima foram conduzidas e apresentadas à autoridade da DP de Belo Jardim .

Descaso: Moradores da rua Camilo Benevides, Cohab III reclamam do acúmulo de lixos e entulhos

Não é difícil caminhar pelas ruas de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, e se deparar com vários pontos de acúmulo de metralha e lixo espalhados pelas ruas. Um dos casos mais graves é na rua Camilo Benevides, Cohab III reclamam do acúmulo de lixos e entulhos, Cohab III.
Segundo denunciantes, há cerca de duas semanas, diversas bolsas de lixo e metralhas estão se acumulando. E, por esse acúmulo, a área vem se transformando em um grande entulho de materiais e lixo, exalando um mal cheiro por toda a rua. Os pedestres também estão sendo prejudicados pelo descaso.
Os moradores dizem que tentaram contato com a prefeitura para a solicitação da limpeza, mas que nada foi feito até agora.
O descarte e acúmulo de objetos, lixos e móveis velhos em áreas públicas traz riscos à saúde, já que ratos e baratas constantemente aparecem e acabam entrando na casa das pessoas, podendo transmitir doenças.

Mandado de Busca e Apreensão em Vila do Socorro (zona rural) de Belo Jardim

Na última segunda-feira 13, as equipes do GATI, GT15112 e NIA deu cumprimento ao Mandado de Busca e Apreensão em desfavor de Joelson José da Silva, 19 anos, expedido pelo Dr. José Fernando Santos de Sousa, juiz de direito da comarca de Caruaru, onde o mesmo foi localizado na vila do socorro distrito da cidade de Belo Jardim e apresentado a autoridade policial da mesma cidade.

Violência doméstica aconteceu no município de São Bento do Una

Por volta das 03:30 desta terça-feira 14, a GT 15212 quando realizava rondas, foi acionada pela central do 15º BPM para verificar uma possível situação de violência doméstica. De imediato a referida GT foi ao local e constatou a veracidade do fato, onde a vítima relatou ter sido agredida por seu marido, o qual com uma faca no seu pescoço lhe causou um corte. A mesma, após sua filha começar a chorar, conseguiu fugir para a casa de sua mãe, logo após o policiamento conseguiu deter o imputado junto com a faca que possivelmente tenha utilizado para agressão, onde foi conduzido a D.P. para serem tomadas as medidas cabíveis.
Flagrante com encaminhamento para o juiz de custódia pois o mesmo não tinha dinheiro para pagar fiança.

Cohab II: Moradores reclamam de escuridão na rua Santa Clara

O Site Paredão do Povo recebeu uma denúncia dos moradores da rua Santa Clara, Cohab II sobre os postes com lâmpadas queimadas.
De acordo com informações, há cerca de três meses as lâmpadas queimaram ou foram quebradas e, desde então, a escuridão toma conta da referida rua.
Os moradores comentaram sobre a sensação de insegurança que aumenta assim que o dia termina. Os vizinhos relataram que já entraram em contato com a prefeitura e até mesmo com ninguém compareceu para fazer os reparos necessários, porém, durante estes três meses, nenhuma lâmpada foi trocada nos postes.
A população da região aguarda que as lâmpadas danificadas sejam substituídas o mais breve possível.

Moradores reclamam de escuridão em rua no bairro do Bom Conselho

Os moradores da rua Jaques Cavalcante, bairro do Bom Conselho, estão no escuro. Eles reclamam que há cerca de dois meses as lâmpadas de alguns postes estão queimadas e, por mais que tenham feito reclamações durante este período, nada foi feito.
“Todas as vezes que ligamos ou vamos na Prefeitura informam que o setor responsável pela iluminação pública está trabalhando para resolver o caso, mas estamos há dois meses esperando”, conta a leitora Elayne B. Santos.
A mesma relata que sai de madrugada para trabalhar e que o local é perigoso por ficar todo escuro.
Os moradores pedem providências.

Moradores reclamam de buraqueira na rua Macário Machado

Moradores da rua Macário Machado, no bairro do São Pedro , estão inconformados com a buraqueira. O problema é antigo e vem se agravando.
A moradora Solana diz que a situação está crítica. “Quase não temos mais calçamento completo, tenho que ficar com a casa fechada por conta da poeira”, relata.
Em trechos da rua o buraco quase tomou a rua por inteiro. São crateras que dificultam o trânsito e os condutores são obrigados a fazer zigue-zague para desviar da buraqueira. Com isso colocam em risco a vida de outros usuários de trânsito.

TRE manda Facebook tirar fake news contra Mendonça Filho do ar

O deputado e candidato a senador, Mendonça Filho (Dem), ganhou mais uma ação na Justiça Eleitoral contra fake news. O Tribunal Regional Eleitoral determinou exclusão imediata de postagem falsa da página “Indignados de Pernambuco” no Face, que fez montagem em um vídeo atribuindo a Mendonça informações mentirosas de um suposto envolvimento dele na operação Lava Jato. “Mendonça não é investigado, nem responde a processos na Justiça. É ficha limpa”, afirmou o presidente estadual do Democratas, José Fernando Uchôa. Na decisão, o TRE determina que seja investigado o responsável pelas publicações que promoviam propaganda irregular atingindo o deputado federal e candidato ao Senado por Pernambuco, José Mendonça Filho, e o candidato a deputado federal Vinícius Mendonça.
A decisão do TRE, com base na liminar de número 0600573-79.2018, entende que as postagens causam impacto negativo nas imagens dos candidatos, no intuito de manipular a verdade dos fatos e publicar informações caluniosas, difamatórias e injuriosas, utilizando-se de artifícios vedados pela legislação eleitoral, ao colocar o candidato José Mendonça Filho como presente nos autos do inquérito da Lava-Jato e atinge a honra também de Vinícius Mendonça.
A juíza Karina Albuquerque Aragão de Amorim determinou que o Facebook remova o post de conteúdos ofensivos e danosos a Mendonça e Vinicius no prazo de 24 horas; que informe, no prazo de 48 horas, quem criou e mantém, inclusive pagando por propagandas, o perfil “Indignados de Pernambuco” e a remoção de todo e qualquer impulsionamento e anúncios da mídia tanto no facebook, quanto no Instagram decorrentes do uso desta postagem,
“É importante destacar que Mendonça Filho nunca foi mencionado no inquérito da Lava-Jato”, afirmou José Fernando Uchôa. Por decisão do então ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, foi retirado do inquérito da Lava-Jato, petições apócrifas que mencionavam o nome do candidato ao Senado de forma errônea pela autoridade policial. “Verifica-se que a postagem do perfil não traz a informação ou vídeo atualizados, sobre a situação de José Mendonça Bezerra Filho no inquérito da Lava-Jato, tampouco faz referência à decisão do Ministro Teori Zavascki nos auto do IP 4.117, onde é determinada a retirada da documentação erroneamente juntada aos autos”.

Moradores da rua Maria Jesuína reclamam de escuridão

Na rua Maria Jesuína, bairro do São Pedro, os moradores estão revoltados. O motivo é a falta de iluminação pública, apesar da cobrança da CELPE (Contribuição para serviço de iluminação pública), que todos os meses vêm cobrados na conta dos moradores.
Quem reclama da situação é a moradora Sandra Santana, que já pediu várias vezes para que o problema fosse resolvido, porém sem sucesso. “No primeiro mês sem iluminação pública e a taxa veio, normal, minha vizinha ligou e disseram para ela que se não tivesse resultado em um mês que ela retornasse para gerar outro protocolo, foi gerado, eu liguei, mandei e-mail e nada de resolver”, reclama.
Para Sandra, o problema vai além disso. “Tem a questão da segurança. Na escuridão nos sentimos inseguros e a bandidagem aproveita”.